sábado, 28 de setembro de 2013

Transplantes : Fila diminui, mas poderia ser bem menor

A notícia boa do Dia Nacional de Doação de Órgãos é que nos últimos 10 anos a fila para transplantes diminuiu. Segundo a Agência Brasil, "A negativa para doação caiu de 80%, em 2003, para 45%, em 2012. Nos últimos dez anos, o número de doadores dobrou, passando de 6,5 por milhão de pessoas para 13,5 por milhão de pessoas em 2013. A meta é chegar a 15 doadores por milhão até 2014. Os dados revelam também queda de 40% na quantidade de pessoas na fila de espera por transplantes nos últimos anos. Em 2008 havia 64.774 pessoas na fila, em 2013, são 38.759."

No período de 1968 a 1997 era válida a vontade do individuo, na sua ausência a família poderia se manifestar. A partir da lei 9434 de 4/2/97  houve a mudança para a possibilidade da utilização dos cadáveres sem a participação da família, salvo manifestação individual em contrário. Era o chamado "consentimento presumido". Com as alterações do texto então em vigor pela lei 10211 de 23/03/2001 pela apenas a família tem poderes para permitir ou não a doação dos órgãos de cadáveres, sem que haja espaço legal para a manifestação do indivíduo. (fonte: http://www.ufrgs.br/bioetica/transprt.htm)

No Uruguai entrou em vigor há poucos dias nos moldes da nossa 9434 de 1997. É presumido o consentimento, salvo se a pessoa se manifestar através de um cadastro em órgão público contra a doação após a sua morte. O assunto poderia ser rediscutido para acabar com o sofrimento de milhares de pessoas que poderiam estar vivendo normalmente se houvesse órgãos suficientes para doação. 

GOLPE : "Pedido N Eletroshopping"

Mais um golpe do tipo "kafkiano": chega para você uma confirmação de uma compra que não fez, e tome clicar nos links e instalar vírus ou passar informações para golpistas. No caso, alguém que usa o nome do estatístico norte-americano Charles M Stein quer que você clique na figura ou mais especificamente no link http://bit.ly/notarefpedido106448262013 para te golpear.

O incauto olha para o pedido de um Iphone 5, atribuído falsamente à empresa Eletroshopping numa montagem tosca com a logomarca da empresa, de mais de R$ 2000, olha para a fatura, o código de barras destacado como "autenticado" no "anexo", se desespera e clica atrás de mais informações, sem perceber que o golpista nada mais sabe que o seu e-mail, que pode ter roubado através de vírus em mailing lists de outras pessoas.

Não tem teu nome, endereço, absolutamente nada, ou seja, mandam em spam para todo mundo tentando fisgar pelo menos um no golpe. Aí entra a estatística do golpista: alguém cai! E é mais um que golpeia até a boa escrita da língua portuguesa com erros crassos na mensagem. Segue a imagem da mensagem.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Charles M Stein vendas.eletroshopsc3@bol.com.br por  charlesstein7.enviodenews.com 
23 de set (5 dias atrás)
para mim
'




                                                                                             log





Prezado(a) Cliente,
 Seu pedido 10644826, realizado em 22/09/2013 21:46, foi faturado e confirmado em nosso sistema, a partir desta confirmação  daremos continuidade ao processamento do seu pedido
 sendo assim o prazo de entrega começa a ser contado a partir do  proximo dia útil.

>Pedido

 
ItemID do produtoQtdeSubtotal
SubtotalR$ 2.111,12
Valor do PresenteR$ 0,00
Envio e manuseioR$ 16,60
Total2.127,72
iPhone 5 Apple 16GB com Câmera 8MP, Touch Screen, Wi-Fi, 3G, GPS, MP3 PRETOH183SLA751R$ 2.111,12
    

 Segue em anexo a cópia da NF-e Emitida onde está a relação dos pedidos e mais detalhes do pagamanto.
nota
NOTAREF=PEDIDO106448262013

Caso não esteja mais disponivel, acesse:  http://bit.ly/notarefpedido106448262013
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Qualquer dúvida sobre seu pedido, por favor, sinta-se á vontade para contatar-nos em horário comercial.
 Em breve estaremos encaminhando o codigo de rastreio de seus pedidos.

>Entrega:
Informamos que é necessário que exista alguém no local especificado. O recebimento poderá ser feito por terceiros (recepcionistas, porteiros, secretárias, familiares, ou qualquer outro responsável), mediante assinatura do comprovante de entrega e apresentação de documento fiscal.

A EletroShopping não se responsabiliza por perdas ou danos do pedido, em caso de entrega para terceiros.

>Para garantir sua total satisfação recomendamos:

> Confira a mercadoria no ato do recebimento. Recuse a entrega caso a embalagem esteja violada ou em condições inadequadas.
> Preserve a embalagem e a Nota Fiscal do pedido, pois serão necessários em caso de Trocas e Devoluções.


__________________________________________________________________________________________________________________________
 
 Atenciosamente,
  Atendimento ao Consumidor
  E-mail: vendas.eletroshopsc3@bol.com.br
  A mais completa e especializada da Internet brasileira.

Mídia Bandida 0032 : Prefeitos cassados do PSDB nunca são destaque...

Se fossem do PT ocupariam o horário nobre dos noticiários televisivos, com destaque na legenda e se possível fotos abraçados com Lula ou Dilma. Como são do PSDB, ah, deixa prá lá. Quem fala mal dos de casa? Com 20 anos de domínio tucano, São Paulo tem mais criminosos na política que no PCC, mas a mídia bandida não faz alarde com isso. Não interessa.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
20/09/2013: Prefeita, vice e vereador de Sumaré-SP são cassados por uso de jornal em campanha

"Acolhendo a manifestação da Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo (PRE-SP), na sessão de julgamento de ontem (20), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) cassou a prefeita eleita e seu vice em Sumaré, Cristina Conceição Bredda Carrara (PSBD) e Luiz Alfredo Dalben (PPS). O vereador mais votado no município, Dirceu Dalben (PPS), que é pai do vice-prefeito, também foi cassado."

http://www.presp.mpf.mp.br/index.php?option=com_content&view=article&id=864:20092013-prefeita-vice-e-vereador-de-sumare-sp-sao-cassados-por-uso-de-jornal-em-campanha&catid=1:notas&Itemid=284
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
24/09/2013: Prefeito e vice de Americana-SP são cassados por subfaturamento de contas de campanha

"Acolhendo a manifestação da Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo (PRE-SP), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) cassou na sessão de hoje (24) o prefeito eleito e seu vice em Americana, Diego de Nadai (PSBD) e Seme Calil Canfour (PSB). Eles foram condenados em uma ação de investigação judicial eleitoral fundamentada no art. 30-A da Lei Eleitoral e na ocorrência de abuso de poder econômico durante a campanha (art. 22 da Lei Complementar n.º 64/90)."

http://www.presp.mpf.mp.br/index.php?option=com_content&view=article&id=866:24092013-prefeito-e-vice-de-americana-sp-sao-cassados-por-subfaturamento-de-contas-de-campanha&catid=1:notas&Itemid=284
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
PREFEITO DE TAUBATÉ É CASSADO POR DESVIO DE RECURSOS DA EDUCAÇÃO

"O prefeito de Taubaté (SP), José Bernardo Ortiz Junior (PSDB), perdeu o seu mandato, por determinação da Justiça, por “abuso de poder político e econômico” na campanha eleitoral em 2012. A decisão, da juíza eleitoral Sueli Zeraik de Oliveira Armani, acolheu ação de investigação judicial eleitoral movida pelo Ministério Público Eleitoral. Também foi afastado o vice-prefeito, Edson Aparecido de Oliveira. A promotoria identificou captação ilícita de recursos para fins eleitorais e desvio de dinheiro público da área da educação estadual para custear “campanha milionária” de Ortiz Junior. A Justiça também declarou Ortiz Junior inelegível pelo prazo de oito anos."

http://www.brasil247.com/pt/247/sp247/112297/Prefeito-de-Taubat%C3%A9-%C3%A9-cassado-por-desvio-de-recursos-da-educa%C3%A7%C3%A3o.htm

Mídia Bandida 0031 : Escondendo a mãe de todos os mensalões

Diretor do Banco Rural é condenado à prisão por 9 anos por fraudes que começaram no mensalão tucano de Eduardo Azeredo (que a mídia chama de "mensalão mineiro" e foram repetidas na Ação Penal 470, o "mensalão do PT". Disse o juiz na sua sentença:

..."Assim, a fraude aqui narrada não pode ser descontextualizada daquela descrita na Ação Penal nº 470, mesmo porque o esquema engendrado pelos acusados na Ação Penal nº 470 parece ter tido sua origem na experiência fraudulenta dos contratos de mútuos firmados em 1998. A diferença, caso existente, dá-se somente em relação aos destinatários dos empréstimos”."

Cadê o estardalhaço da mídia partidária, que incita o linchamento aos juízes que cumpriram a lei e concederam os embargos infringentes aos acusados da Ação Penal 470?  Segue abaixo a íntegra da notícia do portal da PGR.

Mensalão mineiro: ex-diretor do Banco Rural é condenado a 9 anos de prisão
  
27/9/2013 
A sentença afirma que o esquema julgado através da AP 470 "parece ter tido sua origem na experiência fraudulenta dos contratos de mútuos firmados em 1998"
A Justiça Federal em Belo Horizonte condenou o ex-diretor do Banco Rural Nélio Brant Magalhães pelos crimes de gestão fraudulenta e gestão temerária de instituição financeira. Ele deverá cumprir pena de 9 anos e 9 meses de reclusão, em regime fechado, e pagamento de 140 dias multa. O valor do dia multa foi estabelecido em 10 salários mínimos.

Os outros quatro réus, José Geraldo Dontal, Paulo Roberto Grossi, Caio Mário Álvares e Wellerson Antônio da Rocha, que compunham o Comitê de Crédito do banco, foram absolvidos.

A sentença foi proferida na Ação Penal nº 2008.38.00.034957-5, um dos desdobramentos do chamado mensalão mineiro.

Os réus foram denunciados pelo MPF em novembro de 2008 juntamente com outras 19 pessoas por crimes decorrentes do esquema criminoso que vigorou durante a campanha de reeleição de Eduardo Azeredo ao governo de Minas Gerais no ano de 1998.

Ao receber a denúncia, a Justiça Federal desmembrou o processo e instaurou seis ações penais: 2008.38.00.034961-6, 2008.38.00.034903-7, 2008.38.00.034955-8, 2008.38.00.034959-2, 2008.38.00.034953-0 e a AP 2008.38.00. 034957-5.

Na sentença, embora reconhecesse a ocorrência dos crimes, inclusive afirmando expressamente que pelo menos um dos contratos de mútuo foi “realmente empregado no custeio de despesas eleitorais realizadas na campanha de Eduardo Azeredo”, o juízo da 4ª Vara Federal absolveu os réus José Geraldo Dontal, Paulo Roberto Grossi, Wellerson Antônio da Rocha e Caio Mário Álvares sob o fundamento da inexistência de provas de autoria ou de participação nos fatos.
 
O MPF recorreu contra a absolvição alegando que existem provas nos autos que demonstram a participação dos denunciados, já que eles compunham o Comitê de Crédito responsável pela aprovação dos empréstimos.

A sentença reconheceu inclusive que os contratos “foram deferidos pelo Comitê de Crédito do Banco Rural às empresas DNA e SMP&B sem a exigência de garantias efetivas: contrárias aos pareceres técnicos, sem informações econômico-financeiras idôneas dos contratantes, sem observância da capacidade financeira dos avalistas e mormente pela existência de créditos não performados pelos devedores, o que acabou por afrontar os princípios da seletividade, garantia e liquidez, em manifesto desacordo com as normas de boa gestão e segurança bancária”.
 
Reconhecimento da existência do mensalão mineiro
 - O juízo da 4ª Vara Federal de Belo Horizonte também assinalou que “os fatos narrados na denúncia subsumem-se completamente àqueles descritos na Ação Penal nº 470, tidos como atos de gestão fraudulenta. Mesmo que a fraude aqui narrada refira-se ao chamado Mensalão mineiro, não se pode dissociar as condutas dos dirigentes do Banco Rural neste esquema daquelas descritas no  mensalão apurado no STF. Isto porque, o que se nota na narrativa do MPF é que aquela instituição, desde 1998, por meio do mesmo modus operandi, concedeu empréstimos fraudulentos às empresas ligadas ao Sr. Marcos Valério Fernandes de Souza, com vistas ao repasse de recursos a partidos políticos. Assim, a fraude aqui narrada não pode ser descontextualizada daquela descrita na Ação Penal nº 470, mesmo porque o esquema engendrado pelos acusados na Ação Penal nº 470 parece ter tido sua origem na experiência fraudulenta dos contratos de mútuos firmados em 1998. A diferença, caso existente, dá-se somente em relação aos destinatários dos empréstimos”.

O recurso do MPF, que também pediu aumento da pena imposta a Nélio Brant, será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília.


Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em Minas Gerais
Tel.: (31) 2123.9008
www.prmg.mpf.mp.br
No twitter: mpf_mg

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Imóveis : Bolha imobiliária ou correção de preços deprimidos?

A bolha imobiliária que disparou o processo de crise financeira nos EUA estaria acontecendo aqui também, por conta da escalada de preços dos últimos anos? Há quem defenda que não, porque no Brasil o crédito seria mais seletivo, a financeirização seria menor, a especulação com imóveis residenciais seria baixa e causas estruturais poderiam explicar essa alta.

Tenho observado superficialmente o mercado de Brasília, onde aparentemente a supervalorização que já existia antes da atual suspeita de bolha parece ter atingido um patamar de estabilização. No Rio de Janeiro agora é que os imóveis estão chegando aos preços unitários daqui para condições similares. Algumas razões para essa subida de preços seriam:

- A pacificação de áreas da cidade, valorizando áreas antes dominadas pelos criminosos até na zona sul. Até pouco tempo atrás os classificados traziam a expressão "sem visão de comunidade", que queria dizer "fora da linha de tiro";
- Os lançamentos de novos imóveis com valores especulados porém com financiamento fácil. Antigamente era uma boa opção para investimento comprar um imóvel na planta e vendê-lo na conclusão com uma margem de lucro razoável. Hoje o que noto é o lançamento a preço inicial superior ao do mercado e, ao fim da obra, o valor de venda é o mesmo do mercado naquele momento, com o incorporador ganhando a diferença que seria do comprador;
- Viabilização de novos empreendimentos com a elevação geral dos preços. As restrições ao uso do solo (gabarito, afastamento, garagens, etc) inviabilizavam certos projetos, mas a elevação geral dos preços passou a permitir a venda das unidades por preços atrativos ao incorporador. Isso também está elevando o valor dos terrenos.

Há outros fatores que tornam a opção por investimento em imóveis atrativa, como a queda da taxa de juros e a recente mudança na Lei do Inquilinato, mas a compra para locação ainda não é compensatória em muitos casos. Tem capitais saindo dos investimentos em títulos, que passaram a remunerar bem menos com o juro real na base de 3% ao ano e indo para a segurança dos imóveis, mas os aluguéis residenciais nem sempre são uma boa fonte de renda, ficando o investidor na expectativa da valorização.

A valorização terá um teto, pois os financiamentos não acompanham o montante dos imóveis, sendo preferível pelo potencial comprador a locação em muitos casos. Essa mesma elevação da matriz de preços está abrindo oportunidades para investimentos em áreas até então inviáveis em termos de retorno, aumentando a oferta e aumentando a concorrência.

Não creio em bolha, mas esse fenômeno de valorização ainda deverá se sustentar, em especial no Rio de Janeiro, onde grandes investimentos estão sendo feitos e agregarão valor a uma parte dos imóveis cujos valores influenciarão nos preços de outros em áreas sem condições de comparação, por pura especulação. Em algum momento haverá a estabilização, como acredito estar acontecendo em Brasília, que até pouco tempo tinha os imóveis mais caros do Brasil. 

GOLPE : "cód 703918 - Guardião 30 Horas - Informativo de Erro : Reaviso"

Esse é um golpe da linha "kafkiana", ou seja, você não deve nada, não tem problema com ninguém, mas alguém vai e diz que há algo oculto contra você, e a curiosidade acaba matando. A tosqueza do conjunto da obra denuncia, mas tem gente que não enxerga nas imperfeições o indício de estupidez do golpista, por isso ainda caem.

Para início de análise o título é incompreensível. O mail é de mim para mim mesmo, ou seja, o golpista tem uma relação de e-mails que deve ter roubado mandando outros vírus para pessoas que clicam em qualquer bobagem. Lá no final é que aparece alguma luz na mensagem: Atendimento Itaú. Bom, então deve ser coisa de banco, que pode perturbar quem é cliente Itaú, o que não é o meu caso.

Lá embaixo também tem a punição se o incauto não clicar nos links indicados (Iniciar Procedimento Obrigatório e Mais informações), que vão dar em http://www.oosteind-nb.nl/Sincronizar/?/703918/cliente509927.php?cliente=, um endereço de algum site na Holanda que, apesar de ter a camisa da sua seleção de futebol na cor laranja não tem nenhuma outra identidade com o Itaú. A tal taxa adicional para envio de um novo dispositivo, no caso, o token, uma peça de hardware que não tem nada a ver com uma eventual atualização do software, se fosse algo sério. 

No mais, a mensagem é confusa demais até para ser técnica, em português sofrível, incompatível com textos comerciais em especial de bancos. Banco não manda e-mail. Golpe ruim, mal feito. Se alguém cair nisso, negue.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Cód - 703918 FERNANDO BRANQUINHO
Guardião 30 horas identificou que seu dispositivo de segurança (iToken) perdeu o sincronismo com o sistema de acesso on-line.703918%r (and2%CÓDIGO (440A)
Para evitar o cancelamento do serviço é necessário realizar um procedimento de segurança, dentro do período de 24 horas.509927703918
Este procedimento é necessário quando os códigos que aparecem no seu dispositivo perde a sincronia e ocorre um atraso identificação, evitando também possíveis acessos fraudulentos.

Para realizar o procedimento obrigatório de segurança acesse o endereço abaixo;703918
Iniciar Procedimento Obrigatório
*Sera cobrada uma taxa adicional para o envio do novo dispositivo. Mais informações 509927

Agradecemos a compreensão,703918
509927
Atendimento Itaú.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Brasil : O apagão do capitalismo vem aí

O ódio a Dilma por parte da mídia sustentada pelo capital financeiro cresce à medida que as taxas de juros reais estacionam na base de 3%. Esse índice não sustenta o modelo de capitalismo que durante décadas dominou boa parte das mentes empresariais brasileiras, ou seja, desenvolver uma atividade produtiva associada a ganhos não-operacionais com papéis lastreados em dívida pública.

O pensamento corrente com altas taxas de juros é só entrar no mercado para produzir se o retorno for muito alto. Quando tínhamos juros reais de mais de 10% a atratividade se dava na faixa dos 16% ou mais. Qual é o negócio lícito que rende isso? A não ser em condições de imperfeição de mercado (oligopólio, monopólio, etc), de subsídios governamentais (linhas de crédito do BNDES, por exemplo), de arrocho salarial e sonegação fiscal, o mais sensato era colocar todo o dinheiro num título público e ganhar uma boa renda sem girar o capital.

E agora, com juros reais de 3% ao ano? Quem em tempos de FHC possuísse 1 milhão de reais tirava limpo por ano, sem fazer nada, na base de R$ 120 mil, já descontada a inflação. Hoje o mesmo valor rende R$ 30 mil. Como não conseguiram detonar Dilma com a campanha da "inflação descontrolada" nem com o "tsunami cívico" (vem prá rua derrubar Dilma), agora vai cair a ficha de que poderemos ter um apagão capitalista.

Um grande volume de recursos poderá sair do mercado de especulação e entrar na criação de novos empreendimentos estimulados pelos juros baixos. Se ainda não se verifica essa tendência é porque há receios de haver concorrência forte se muitos entrarem no mesmo ramo. Com a baixa qualificação dos empreendedores, poderemos assistir nos próximos anos a uma grande esterilização de capital numa forte mortandade prematura de empresas.

De imediato o governo poderia dar um apoio criando um programa de formação nos moldes do Ciência sem Fronteiras para estudantes de Administração terem a oportunidade de conhecer o capitalismo de juros baixos, de alta eficiência. O investimento em gestão, em inovação e principalmente observando o que se faz nos países capitalistas mais avançados será a chave para o sucesso dessas novas empresas. E para as antigas, que terão que fugir ao esquema "subsídio/ganho financeiro/sonegação/arrocho de direitos", reduzir margens e buscar mecanismos de sobrevivência em meio ao novo cenário, enfim, capitalista. 

GOLPE : SMS Promoção Lar doce lar Rede Globo

A gente não tem muitos canais para denunciar, mas o fato é que reina a impunidade a golpistas que roubam o povo, principalmente os mais pobres e necessitados, com golpes como esse em nome da promoção "Lar doce lar" do programa do Luciano Huck.

Recebi um SMS no meu celular e fui caçar na internet esse tipo de golpe. Tem na versão por ligação telefônica, onde a pessoa diz que o celular foi premiado e depois pede um depósito em nome do Teleton para uma conta bancária para liberação dos prêmios - uma casa mais dinheiro. Na versão SMS
que recebi o número a ligar é 0158581882912 senha 149985. Não liguei, mas vi relatos com esse tipo de armação de depósito em conta.

A propósito, a Globo, onde Huck trabalha, não tem nada a ver com o Teleton. Vou mandar mensagem para o e-mail da PF relatando o ocorrido: crime.internet@dpf.gov.br

domingo, 22 de setembro de 2013

Telejornais perdem Ibope em 2013

Fonte: Ricardo Feltrim - UOL
O povo não é bobo e mesmo com o aumento do sensacionalismo, da baixaria e da manipulação a audiência dos principais telejornais está caindo em 2013. Culpa da internet, que detona as versões dos grandes meios de comunicação, ou da qualidade do que se apresenta pelas telinhas? Interessante matéria da coluna de Ricardo Feltrim, no UOL mostra os números comparativos entre 2012 e 2013. O telejornal da Rede TV perdeu 41% do seu público. O JN perdeu 12%. Ainda devem botar a culpa na Patrícia Poeta... http://celebridades.uol.com.br/ooops/ultimas-noticias/2013/09/17/jornais-da-tv-tem-queda-recorde-de-ibope-a-culpa-e-da-internet-opine.htm

YOUTROUXA 0049 : "Dilma deve mandar investigar Lula e colocar mensaleiros na cadeia"

Compartilhar mensagens no Facebook é fácil. Basta clicar, escrever algo e mandar para toda a sua lista. Examinar o que se manda é mais difícil. E aí, meu amigo, minha amiga, o filme queima porque pode ser uma grande bobagem onde você está assinando embaixo.

Essa peça, que corre na internet com data de 22 de junho, no auge do "tsunami cívico" promovido pela Globo para derrubar Dilma.

Além de ter perdido o "timing", o material demonstra falta de conhecimento do funcionamento dos poderes no Brasil. Como é que Dilma vai abrir investigação contra alguém? É delegada de política? É do Ministério Público?  Como é que Dilma vai colocar condenados do mensalão na cadeia? É juíza? O Gushiken, que está no cartaz, foi inocentado pelo mesmo tribunal-show do Barbosão e já morreu. Querem prisão póstuma? Lula também está fora por completa falta de provas. Querem que Dilma investigue o quê? As "fortunas" de Lula e do seu filho Lulinha segundo as mentiras da direita atribuídas à Forbes?

Quem escreveu isso tem idéias autoritárias. Acha que Dilma pode ser uma ditadora que faz e acontece, como deve ser o modelo que defendem. Conseguiu quase 40 mil compartilhamentos  na  época e agora circula como material requentado.

Não tem mais #vemprarua da Globo, mascarados, anarquistas e nazistas atraindo incautos às ruas. A Globo saiu queimada por ter tentado manipular a opinião pública para derrubar Dilma e ainda foi flagrada sonegando impostos. Os mascarados foram desmascarados quando não tiveram mais o que dizer quando Dilma propôs uma Constituinte para passar a limpo todo o sistema político, dinheiro do pré-sal para a educação, recursos para transportes públicos e mandou importar médicos. Sumiram. Para completar o STF deixou de ser um circo onde juízes e procurador da república tentaram jogar para a torcida passando por cima do direito.

 Acorda, Brasil, e vê as besteiras que circulam por aí em seu nome.

sábado, 21 de setembro de 2013

YOUTROUXA 0048 : Globo lança campanha "Atriz Desesperança" de luto por sua derrota

Foto ampliada com a versão sem máscaras, mostrando os verdadeiros atores indignados
Para muitos atores e atrizes trabalhar na Globo pode ser o topo da carreira e remuneração, daí zelar pelos seus empregos na emissora criar vínculos muito fortes. Torna-se irresistível, portanto, negar ao patrão participar de uma peça de propaganda onde suas imagens são associadas à intenção político-partidária da empresa para qualquer finalidade.

Casos como o da funcionária da Globo Regina Duarte, com o seu " eu tenho medo" usado para atacar a campanha eleitoral de Lula, criaram marcas indeléveis sobre a imagem da atriz, até então a "Namoradinha do Brasil". E os do "Cansei", aquela campanha de riquinhos que queria derrubar Lula porque não tinham aeroportos? E o desastroso vídeo de globais contra Belo Monte, que também arranhou a credibilidade de outros?

Muitos atores saíram da Globo ao longo da história porque não aceitaram ser usados para os interesses dos Marinho. Outros explicitaram suas opiniões contra a ditadura, como as atrizes Tônia Carrero, Odete Lara, Eva Tudor, Eva Wilma e Norma Bengell, e ganharam respeito porque estavam de acordo com uma visão progressista. O uso da imagem para interesses dos ricos, dos opressores, dos manipuladores, tem um preço caro porque o público em geral se deixa enganar num primeiro momento, depois percebe a manipulação e passa a rejeitar a idéia e as pessoas que a defenderam.

No caso do STF a Globo e a direita perderam o "timing". A transmissão ao vivo, com comentários parciais pela Globo, sempre contra haver recursos, coisa normal em todo o judiciário, tentaram criar massa crítica e ódio aos "mensaleiros" e contra o PT. Joaquim Barbosa e Roberto Gurgel desprezaram o direito confiando no linchamento e fizeram um show de autoritarismo. A Globo aproveitou para crucificar o ministro Lewandodsky, que firmemente defendeu o que estava nos autos e acusou a falta de provas. A idéia da direita era antes do Natal de 2012 mostrar na TV José Dirceu, Genoíno e outros algemados num camburão.

Não deu certo. Tentaram passar por cima até do direito à liberdade até a publicação do acórdão da sentença. Barbosa perdeu nessa manobra. Aí o processo avançou, com direito à apresentação de embargos. Nesse meio tempo, pela internet, apareceram com mais clareza as nuances da armação. Joaquim, Gilmar e outros tiveram suas vidas expostas. Novos ministros tomaram posse. Roberto Gurgel saiu da PGR. E a manobra do "tsunami cívico" da Globo para derrubar Dilma deu errado, fortaleceu a presidente e pegou mal para a mídia golpista. Por fim, a Globo foi condenada por sonegação do Imposto de Renda e o judiciário recuperou sua dignidade permitindo o direito à defesa via embargos infringentes.

É nesse clima que as atrizes na foto de terror se expõem. Triste para os seus fãs, para suas imagens. Para o patrão Globo são apenas peças descartáveis, que podem ser usadas para qualquer fim.





quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Bancários : Com greve o bicho pega, sem greve o bicho come

A chegada do PT ao governo armou uma cilada de difícil solução para a categoria bancária. Para evitar que a cobrança das perdas por 8 anos de congelamento salarial dos bancos públicos fosse feita imediatamente, já que grande parte dos bancários apoiou todas as campanhas de Lula, em 2003 as lideranças sindicais governistas pediram aos trabalhadores paciência por causa da "herança maldita" recebida de FHC e das tentativas de desestabilização da direita logo no início do mandato. Foi feito acordo abaixo da inflação nesse ano.

Em 2004 os bancários públicos partiram para a cobrança do passivo dos anos FHC. Numa manobra congressual, os petistas da CUT enterraram a cobrança do passivo e passaram a falar em "ganhos reais", ou seja, o que se conquistasse acima da inflação não seria deduzido do passivo, mas seria contabilizado como "conquista".

A  pretexto de fortalecer a campanha salarial com toda a categoria, foi estabelecida a mesa única de negociações com a FEBRABAN onde o governo colocou uma camisa de força na reivindicação de perdas, ou seja, só pagaria o que o "mercado" dos bancos privados oferecessem. No BB houve ordem expressa do governo para liquidar a greve que escapou ao controle das lideranças sindicais formais, sendo tocada pelas oposições. Acabou no TST.

Nos anos seguintes a mesma ladainha: pequenas conquistas no piso, acima da inflação, conseguiram que os anos Lula terminassem sem perdas para a inflação do período, mas nada de reposição do poder de compra do passado. Com Dilma está acontecendo a mesma coisa.

O paradoxal é que ano a ano existe a sensação de manipulação e traição da direção sindical governista entre os bancários, mas a cada eleição sindical o voto vai para quem tenta negociar merrecas se greve. Nenhuma oposição sindical conquistou um sindicato cutista nesses 10 anos.

Em nenhum desses anos deixou de haver greve forte, para desespero dos governistas, que de tudo fazem para abortá-las por esvaziamento ou manipulação de assembléia. Até aqui parece que os parcos resultados são obtidos por paralisações.

Neste ano a greve começou com um setor importante no BB se recusando a fazer greve, mesmo com histórico de lutas. A desmotivação vem das sucessivas manipulações do sindicato, inclusive na assembléia de deflagração, onde não foram contados os votos apesar de visualmente haver empate.

E se todos deixarem de fazer greve porque acham que a direção sindical conseguirá "ganhos reais" sem luta?

Os banqueiros são os mais preparados patrões na defesa dos seus lucros. Compram mídia, influem na economia e no governo, que por sua vez quer mais lucros nos bancos públicos para equilibrar suas contas.

O que dirão dos seus funcionários se rebelarem contra os dirigentes sindicais, recusando-se a fazer greve mesmo tendo condições para isso? Tenderão a não oferecer nada além da inflação e não avançar na pauta social. Só que para eles não interessa desmoralizar o sindicalismo com quem acordos razoáveis. Se a fórmula do "ganho real" de merreca anual falhar, os atuais sindicalistas perderão as futuras eleições para as oposições mais à esquerda que lhes trarão mais problemas.

Uma possível saída seria a criação de uma nova mesa de negociações respaldada por setores da categoria que não aceitam essa ciranda. O maior problema é que as forças com condições de romper com a mesa de negociações viciada insistem em usar as instâncias da CUT como forma de desmascarar seus dirigentes, sem muita preocupação com os resultados a obter. Tudo vai ficando do mesmo jeito a cada ano.

Para os banqueiros, se não derem a migalha anual perdem os aliados no movimento sindical, deixando-os numa sinuca de bico.  Com ou sem greve. Para os trabalhadores, não fazer a greve é atender ao que querem o governo e os banqueiros. Se tem greve o circo do sindicalismo com os patrões se alimenta, porque não há muito maiores ganhos com as paralisações. Se não fazem a greve os patrões e o governo dão a mesma coisa para respaldar seus parceiros de paz social, que vão se perpetuando porque grande parte da categoria quer ganhar sem lutar e vota neles. Complicadíssimo sair dessa cilada.


Maratona Báltico 2013 - 021 - Licença parental eleva natalidade na Dinamarca

Na Suécia era comum ver o pai no parque brincando com filho recém-nascido. Muitos. E nos transportes a pessoa que leva um bebê  não paga passagem, e ainda tem adaptação no veículo para prender o carrinho. Chegando a Copenhague vimos o mesmo cenário de fartura de crianças pequenas, mesmo em dia de tempo ruim. O que explica esse "baby-boom" em países onde a taxa de crescimento populacional até há pouco tempo era negativa, ou seja, morria mais gente que nascia?

A licença parental explica parte disso, além da situação econômica favorável. Por coincidência peguei de graça no aeroporto o jornal The Copenhagen Post, editado em inglês, que tratava do assunto explicando como a coisa funciona:
- os pais têm direito a 52 semanas de licença parental;
- a mãe tem direito a licença 4 semanas antes do nascimento e 14 depois do parto;
- o pai tem direito a duas semanas após o parto, junto com a mãe;
- as 32 semanas restantes podem ser divididas entre mãe e pai à sua escolha;
- os pais que trabalharem pelo menos 13 semanas antes de tirarem a licença parental têm direito a receber o benefício "sygedagpenge", valendo o máximo bruto de 4005 kroner (uns R$ 1600);
- alguns empregadores podem oferecer pagamento total ou parcial a empregados em uso do direito á licença parental, dependendo do acordo coletivo da categoria do trabalhador.

A notícia diz que o governo social-democrata resolveu mudar a regra. Decidiu não destinar 13 semanas de licença parental para os pais, já que muitos empregadores não oferecem remuneração integral durante a licença parental, o que significa que o pai teria que optar entre reduzir salário, ou não gozar a licença.

Em vez disso, o governo decidiu dar às famílias um incentivo fiscal para dividir mais igualmente a sua licença parental. O pai ou mãe que tem a menor quantidade de licença receberá um bônus de 100 kroner (uns R$ 40) por dia, sem imposto, se ficar pelo menos quatro semanas de licença, com duração de no máximo 12 semanas.

Aí a gente coça a cabeça e pensa: no Brasil tem gente que fala que o Bolsa Família é incentivo à natalidade. País pobre não é só onde tem miséria, é onde ela chega à cabeça das pessoas. Aí dirão: a Dinamarca pode porque é rica. Sim, é rica, mas nada disso foi dado de graça. Tudo foi conseguido com muita luta dos trabalhadores e do povo em geral, e hoje é o país capitalista socialmente mais justo do mundo. Ah, e social democracia aqui não tem nada a ver com PSDB. Segue a ficha do país extraída do Wikipedia:

"A Dinamarca, com uma economia mista capitalista e um estado de bem-estar social,3 possui o mais alto nível de igualdade de riqueza do mundo, sendo considerado em 2011, o país com menor índice de desigualdade social do mundo. A Dinamarca tem o melhor clima de negócios no mundo, segundo a revista estadunidense Forbes.4 De 2006 a 2008, pesquisas5 classificaram a Dinamarca como "o lugar mais feliz do mundo", com base em seu princípio desaúdebem-estarassistência social e educação universal; O Índice Global da Paz de 2009 classificou a Dinamarca como o segundo país mais pacífico do mundo, depois da Nova Zelândia.6 A Dinamarca também foi classificada como o país menos corrupto do mundo em 2008, pelo Índice de Percepção de Corrupção,7 compartilhando o primeiro lugar com a Suécia e a Nova Zelândia."

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Maratona Báltico 2013 - 020 : Passeio nos fiordes da Noruega

Quem vem acompanhando os relatos vai perceber que deixamos de escrevê-los desde São Petersburgo. De lá para cá passamos em Helsinque e Oslo, sem tempo para escrever porque virou maratona orientada principalmente pelo uso de cartões de desconto em museus e gratuidade em transportes, que acabam permitindo mais deslocamentos e atrações. Quando retornar da viagem farei os posts "póstumos" sobre os lugares onde não escrevi.

Na programação original um dos grandes atrativos seria o passeio pelos fiordes da Noruega, voltados para o Mar do Norte. Nada a ver com o Báltico, seria uma atividade de oportunidade para ser feita logo após Estocolmo, mas a previsão de mau tempo nos fez abortá-la. Seguimos o circuito e agora, no retorno, a partir do acompanhamento diário da meteorologia, chegamos à conclusão que haveria uma brecha no mau tempo na segunda e terça. Depois formos saber que Bergen, o portal dos fiordes, é a cidade onde mais chove na Europa, algo em torno de 300 dias por ano. E para nossa felicidade, que o Instituto de Meteorologia da Noruega é muito competente e tem previsões que confirmamos no passeio.

Essa previsão aconteceu no domingo pela manhã. Vínhamos postergando a compra de passagens e hotéis dos trechos posteriores apostando nessa viagem e corremos o risco. Um risco caro, porque nada é barato nessa região, chegando a ser mais cara que Oslo, que já é absurdamente cara.

Compramos a passagem de trem da NSB (estatal de ferrovias) saindo de Oslo às 8:40h da estação central (próxima ao nosso hotel) e chegando a Bergen às 14:1h. Essa ferrovia foi um desafio de engenharia no século XIX, porque sai do nível do mar, sobe a mais de 1000m e retorna ao nível do mar passando por alguns dos maiores túneis ferroviários do mundo. Como não acompanhei a previsão do tempo nas paradas intermediárias, fomos surpreendidos por uma leve nevasca no ponto mais alto, em Finse e Myrdal. Foi a primeira, em pleno verão.

Na descida para Bergen o tempo foi gradativamente melhorando, e há chegamos com sol, mas sabendo que choveria ao final da tarde. Deixamos as coisas no hotel e rapidamente fomos aos principais atrativos, como o quarteirão do cais tombado pela Unesco, por onde passaram quase 800 anos da Liga Hanseática, uma importante organização de comerciantes que movimentou o comércio em portos de vários países na idade média.

Neve em Finse
Depois pegamos o funicular no plano inclinado que leva ao Monte Floyen, de onde se tem uma vista não apenas da cidade, mas do arquipélago que fica na foz de alguns fiordes. Mais uma vez o tempo instável nos pegou com uma pancada de chuva que depois melhorou o cenário para fotos. Descemos a pé passando por conjuntos de casas belíssimas, em madeira, coisa mais que secular.

No dia seguinte fizemos a maratona dentro da maratona: o passeio do esquema Norway in a Nutshell. A primeira tensão foi termos comprado o pacote sem os 3 dias de antecedência que eles pedem, recebendo o código para pegar as passagens na estação de trem somente no fim da segunda-feira para viajar na terça. Depois foi o cumprimento dos horários, sincronizados entre os vários modais de transporte.
Neve em Myrdal

Esse pacote é muito interessante pela flexibilidade de transportes, hotéis, horários e percursos. Sabendo que poderia chover pela manhã, abrir o tempo à tarde e chover de novo à noite, optamos pelo passeio que nos levaria de trem até Voss (1:10h de Bergen no sentido Oslo), imediatamente pegar um ônibus na estação rumo a Gudvangen (1:15h), esperar alguns minutos pelo ferry para o passeio de mais de 2h por um trecho do Sognenfjord até Flam e de lá o trem (1h de viagem) até Myrdal e de lá retornar a Bergen. O esquema deu certo e ao fim da viagem de barco o sol já tinha aparecido. Mesmo assim antes não choveu.

Bergen - Monte Floyen
Bergen - Parque central
O ônibus que faz o trecho Voss-Gudvangen pega uma estradinha que passa por vales estreitos com cenários fantásticos, onde grandes cachoeiras chamam a atenção. No passeio de barco o espetáculo de beleza continua com os paredões do fiorde com cachoeiras em grupo, algumas com quase 200m de queda, e as cidades ribeirinhas que fazem a alegria dos fotógrafos. Chegando a Flam fomos ao museu da construção da ferrovia Flam-Myrdal, inaugurada em 1940 para fazer a ligação com os fiordes, um desafio de engenharia, com trechos íngremes, muitos túneis, inclusive um em formato de grampo (hairpin) e cenários deslumbrantes. Chegando a Myrdal há havia um trem na estação, que não era o do nosso horário agendado, mas coincidentemente ia para Bergen e conseguimos viajar nele, retornando às 17:40h. Cansativo mas é daquelas coisas que se diz "vale cada centavo". Mais de 900 fotos batidas.

Cais de Bergen
O bom tempo no fim da tarde ainda nos animou a caminhar pelas ruas de um bairro numa península entre portos, secular, próximo à universidade, também muito bonito. Ao descermos a uma das áreas portuárias encontramos sob um prédio moderno, onde existe o serviço de informações, diversas peixarias. Numa delas encontramos um espanhol que morou no Brasil por 2 anos e falava português fluentemente, que nos explicou que eles fariam na hora o peixe escolhido. Apesar das nossas restrições orçamentárias, vimos que um prato de bacalhau fresco (para o norueguês o nosso bacalhau salgado é "coisa de gringo", com boa quantidade e acompanhamentos sairia mais barato que no Brasil. E também esclareceu o mistério da cabeça do bacalhau, que ninguém nunca viu. A cabeça é imediatamente descartada pelos pescadores pois faz o peixe apodrecer, ao contrário dos demais onde é importante manter  a cabeça. Foi a nossa despedida digna desse dia inesquecível.

PS: post em construção. Internet muito lenta no hotel. Daqui a pouco postarei as fotos do passeio.







terça-feira, 17 de setembro de 2013

Espionagem de Obama : Dilma cancela viagem

O governo americano, flagrado em espionagem comercial de interesses brasileiros, em especial da Petrobrás, vem com a desculpa esfarrapada de que isso seria "inteligência". De fato, mais que inteligência: esperteza e mesmo safadeza. Roubando informações da Petobrás às vésperas de leilões de concessão de exploração pode-se fazer muito dinheiro e privilegiar empresas dos EUA nos blocos.

Dilma não tevbe outra opção, senão a de mostrar ao mundo mais que um pedido de informações a Obama : cancelou a visita que faria em outubro. Para a mídia colonizada, a mesma que fez a denúncia da espionagem e esperava alguma atitude do governo brasileiro, o cancelamento foi demonstração de "desgoverno". São os mesmos que apoiaram a sacanagem de Obama no episódio do acordo conseguido com Irã no enriquecimento de urânio pelo Brasil. 

eguem as notas oficiais brasileira e americana.


A Presidenta Dilma Rousseff recebeu ontem, 16 de setembro, telefonema do Presidente Barack Obama, dando continuidade ao encontro mantido em São Petersburgo à margem do G-20 e aos contatos entre o Ministro Luiz Alberto Figueiredo Machado e a Assessora de Segurança Nacional Susan Rice.
O Governo brasileiro tem presente a importância e a diversidade do relacionamento bilateral, fundado no respeito e na confiança mútua. Temos trabalhado conjuntamente para promover o crescimento econômico e fomentar a geração de emprego e renda. Nossas relações compreendem a cooperação em áreas tão diversas como ciência e tecnologia, educação, energia, comércio e finanças, envolvendo Governos, empresas e cidadãos dos dois países.
As práticas ilegais de interceptação das comunicações e dados de cidadãos, empresas e membros do Governo brasileiro constituem fato grave, atentatório à soberania nacional e aos direitos individuais, e incompatível com a convivência democrática entre países amigos. 
Tendo em conta a proximidade da programada visita de Estado a Washington - e na ausência de tempestiva apuração do ocorrido, com as correspondentes explicações e o compromisso de cessar as atividades de interceptação - não estão dadas as condições para a realização da visita na data anteriormente acordada.
Dessa forma, os dois Presidentes decidiram adiar a visita de Estado, pois os resultados desta visita não devem ficar condicionados a um tema cuja solução satisfatória para o Brasil ainda não foi alcançada.
O Governo brasileiro confia em que, uma vez resolvida a questão de maneira adequada, a visita de Estado ocorra no mais breve prazo possível, impulsionando a construção de nossa parceria estratégica a patamares ainda mais altos.
Abaixo, nota da Casa Branca:
"O presidente disse que compreende e lamenta a preocupação que a divulgação da suposta espionagem americana provocou no Brasil e deixou claro que está comprometido em trabalhar com a presidente Rousseff e seu governo, por meio dos canais diplomáticos, para passar adiante esse tema como fonte de tensão nas nossas relações bilaterais.  
"O presidente Obama e a presidente Rousseff esperam ansiosamente por essa visita de Estado, que irá celebrar nosso relacionamento mais amplo e não deve ser eclipsada por um único tema bilateral, não importa o quanto esse tema seja importante ou desafiador. Por essa razão, os presidentes decidiram adiar a visita prevista para o dia 23 de outubro."
O presidente Obama espera ansiosamente receber a presidente Dilma em Washington em uma data a ser acordada mutuamente. Outros importantes mecanismos de cooperação, incluindo diálogos presidenciais em temas de política, economia, energia e defesa, continuarão".

sábado, 14 de setembro de 2013

Obama : Prêmio Nobel da Paz deveria ser revisto

Nobel Peace Center - Oslo - Noruega
A Noruega é o país mais rico do mundo com melhor distribuição de renda e mais alto IDH. Não faz parte da Comunidade Européia, tem moeda própria e petróleo. Não tem intriga com nenhum vizinho, mas pertence à OTAN. Seu Parlamento indica o Comitê Nobel, que seleciona anualmente o prêmio da categoria Paz (os demais são escolhidos na Suécia). Precisavam fazer média com Barack Obama dando-lhe um Nobel da Paz com poucos dias de governo aparentemente por motivos que vão do equívoco à bajulação?

Na exposição permanente do Nobel Peace Center, em Oslo, há uma sala com mídias mostrando todos os laureados com o Nobel da Paz. Noutra, com maiores detalhes, há os premiados com suas justificativas. O que levou o Comitê a dar o prêmio precipitado a Obama? Está lá na plaquinha, e pelo escrito o prêmio foi para que o advogado de direitos humanos Barack Obama, eleito presidente à época da escolha, reforçasse o multiculturalismo (primeiro presidente negro) e seguisse com coerência sua carreira á frente da mais poderosa nação militar do mundo:

Nobel da Paz em 2009 : "I have a gun"
Nobel da Paz em 1964 : "I have a dream"
"Obama tem a visão de um mundo sem armas nucleares e foco na colaboração multilateral. Promoveu o diálogo e negociação como instrumentos para resolver conflitos internacionais"

Parece que não agradaram, e uma outra idéia está estampada no mural:

"Reações ao prêmio : Críticos da seleção de Obama questionaram a concessão, pela qual o Comitê Nobel focou nas suas intenções mais que nas suas realizações. O chefe do comitê Thortgen Jagland respondeu referindo-se ao desejo de Nobel e que o prêmio deveria ir para aqueles que fizeram algo pela fraternidade internacional e cooperação no ano precedente. Martti Ahtisaari, Prêmio Nobel de 2008, disse acreditar que o Comitê Nobel queria encorajar Obama nos assuntos da sua agenda internacional. A resposta do próprio Obama foi: "Eu irei aceitar esse prêmio como um chamado para a ação".

Se o Comitê Nobel acertou em 1964 premiando o afrodescendente norte-americano Marthin Luther King pelo seu destaque na luta por direitos civis, que resultou no fim do apartheid nos EUA (e por extensão em permitir que Obama no futuro se elegesse) e teve como preço sua própria vida em 1967, com Obama pisaram na bola. O prêmio para Obama estava mais ligado a um outro desejo de Nobel, aquele de inventar a dinamite para explodir coisas.

Do prêmio para cá o "pacífico" Obama desprezou a soberania de países, mandou assassinar lideraças políticas, bisbilhotou pessoas, governos e empresas pela internet, apoiou  a guerra civil na Líbia, a desintegração do Egito em uma potencial nova guerra fratricida, o expansionismo de Israel, manteve a tensão com o Irã e agora prepara seus bombardeios para detonar Damasco e o que resta da Síria.

Será que cabe recurso ao Comitê Nobel para cassar um prêmio equivocadamente concedido?





sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Blog do Branquinho : 300 mil acessos

O destino reservou uma sexta-feira 13 para o contador do Blogger nos mostrar o atingimento da marca de 300 mil acessos ao blog. Muito mais que as expectativas quando da criação, em 1 de janeiro de 2009, e hoje tem cerca de 600 acessos diários. Nesse tempo trouxe informação e esclarecimento sobre temas para pessoas que são potenciais vítimas de golpes e manipulações pela Internet.

Como que para lembrar que nesses últimos dias o Blog anda meio sem atualização, justo quando deveria estar repleto de relatos da viagem Maratona Báltico 2013, a virada do marcador aconteceu justamente em cima do Golfo de Bótnia na viagem aérea de Helsinque a Oslo, num vôo com internet grátis a bordo. Depois posto mais com fotos e comemoro a marca, grande para um modesto blog. 

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

YOUTROUXA 0047 : "PT quer Marco Civil para censurar a Internet"

A desinformação maliciosa associada à baixa capacidade intelectual e ao preconceito geram, de um lado, o terrorismo na internet com fins ideológicos, e de outro, a queimação de filme de quem repassa lixo sem capacidade de criticá-lo.

A novidade agora é o terrorismo contra o Marco Civil da Internet, medida necessária ao combate a crimes que vão da calúnia, difamação, preconceitos, estelionato, etc. |

A mensagem que circula, com links para sites e blogs de extrema direita que não têm consistência em argumentação além do preconceito contra o PT, diz até que o Brasil vai se tornar uma nova Venezuela!

Hoje tudo que se faz na internet é registrado em algum lugar privado e continuará sendo. O que se pretende é estabelecer regras para a quebra do sigilo através de mandados judiciais e garantir a qualidade dos contratos de fornecimento de serviços, entre outras coisas. Nada de censura.

O temor de alguns é que ao usarem a internet para espalhar preconceitos e fazer correr golpes acham que hoje não é possível que sejam alcançados. Sim, hoje já se rastreia isso, mas não há legislação que permita o devido processo legal por crimes no ambiente virtual. Antes que se aprove uma colcha de retalhos de leis sobre o assunto, o governo federal instituiu um grupo de trabalho que fez consultas públicas pela internet e formulou o projeto que vai agora à votação. Mais informações em http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=7AF64CAE9012D067DBE30429B56D8AFB.node2?codteor=912989&filename=Tramitacao-PL+2126/2011

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Petrobrás : Cadê o dinheiro para a defesa do Pré-Sal?

Hoje aqui na Rússia (são 9:40h, no Brasil, 2:40h) o telejornal Euronews mostrou imagens da Petrobrás e a notícia em russo falou de espionagem com a tarja "Brasil-USA - Spying". Dilma sentenciou que a Petrobrás não oferece risco à segurança de ninguém, por isso os EUA praticaram institucionalmente espionagem industrial, que é mais crime que a militar, porque envolve interesses privados. E ficam os do complexo de vira-latas fazendo o discurso de "tirar o PT antes que acabem com a Petrobrás". Tudo isso faz sentido.

O que muita gente não está percebendo é que os governos Lula e Dilma, desde a descoberta do Pré-Sal, estão fazendo a Petrobrás gastar o que tem e o que não tem para encurtar o prazo de maturação dos investimentos, de modo que em 2015 tenhamos pelo menos duas refinarias funcionando e até 2018 estejamos exportando petróleo e derivados. O esforço envolve a polêmica venda de novos campos de petróleo para fazer dinheiro para apoiar os investimentos. Sem isso não tem o tal dinheiro para a educação ou qualquer outra coisa.

O que ficou pelo caminho foi o aumento das verbas de defesa, em especial para Marinha e Aeronáutica, peças-chaves na proteção de campos e plataformas. Vai sair o primeiro submarino nuclear em parceria com a França, e até hoje (e isso vem desde o governo FHC) não se fez acordo sobre a compra de aviões com repasse de tecnologia. Lula dizia que os recursos do pré-sal iriam em parte para reequipar as forças armadas, mas o que foi proposto por Dilma e referendado pelas ruas foi 100% para a educação. E a grana da defesa?

Obama não difere em nada dos demais presidentes imperialistas americanos por ser de uma etnia diferente. Ganhou um "Prêmio Nobel da Paz" sem fazer nada por ela por simples bajulação da Academia Sueca. Vem promovendo assassinatos de potenciais inimigos com aviões não tripulados e fomentando movimentos de enfraquecimento dos demais países. Assim tem sido em torno de Israel, devolvendo países com potencial de ameaça aos interesses americanos na região ao feudalismo. Foi assim com a Líbia, Egito e agora, Síria. Na Venezuela o chavismo resiste, uma pedra entre os EUA e o petróleo. No Brasil espionagem e, quem sabe, mascarados promovidos a heróis do povo passivo sem propostas claras, incitando a violência.

Cadê o povo na rua dizendo "O petróleo é nosso", queimando as bandeiras americanas e o governo promovendo sanções contra a espionagem americana? Não é só por 20 centavos, nem por congresso corrupto: temos que defender o que é nosso. Cadê os mascarados? Será que eles vão nessa? E os direitistas que são capazes de pedir um golpe aos militares, mas não movem uma palha em defesa dos interesses nacionais?