quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Enfim, Dilma vai à TV e detona os corvos da energia

Imagem : TV Brasil
Acabo de ver o pronunciamento da presidente Dilma Roussef em cadeia de rádio e TV, a pretexto de anunciar a redução das tarifas de energia. Aproveitou a oportunidade para esculachar quem se colocou contra a queda dos juros, contra os programas sociais e agora faz terror contra a redução do custo da energia. Disse que a matriz energética brasileira é uma das mais seguras do mundo, com termelétricas suprindo eventual falta de água nos reservatórias das hidrelétricas, e que não vai ter racionamento nem apagões.

Imagem : TV Brasil
 Enfim, Dilma respondeu, mesmo que muito educadamente, a toda a baixaria que a mídia vem fazendo contra ela e seu governo. E a todo o terror que eles espalham.


Dilma anunciou uma redução maior que a anteriormente divulgada, e antecipou a vigência da medida. Ainda estendeu o benefício mesmo aos estados com energia distribuída por empresas controladas por governos tucanos, que estão boicotando a redução para manter os altos lucros das empresas. Caso de São Paulo (CESP), Minas (CEMIG) e Paraná (COPEL).

Daqui a pouco nos jornais da noite certamente não se falará do discurso de Dilma, mas deverão aparecer as vozes de sempre agourando a queda das tarifas. Dilma deveria fazer mais uso de horários nas TVs e rádios, a exemplo de outros presidentes latino-americanos que são sistematicamente combatidos por cartéis de comunicação. E tocar adiante o projeto de redução de tamanho dos oligopólios, verdadeiro poder paralelo. 

Um comentário:

  1. SENSACIONAL. ELA DESCEU A LENHA NO PIG COM LUVAS DE PELICA .COLOCOU OS PONTOS NOS ÍS..

    ResponderExcluir